Início Polícia Polícia Militar prende suspeitos de tráfico de drogas entre cidades de Boquim...

Polícia Militar prende suspeitos de tráfico de drogas entre cidades de Boquim e Estância

Com eles, foram apreendidos mais de mil pinos para venda de droga e substâncias entorpecentes

Policiais militares da 2ª Companhia do 6º Batalhão de Polícia Militar (2ª Cia / 6º BPM) prenderam em flagrante dois suspeitos de tráfico de drogas. Eles estavam em posse de diversos pinos vazios para acondicionamento de entorpecentes e de substâncias semelhantes à cocaína e ao crack. As detenções ocorreram na manhã dessa quinta-feira, 4.

Após denúncias de que dois homens, em um veículo Parati, estariam tentando assaltar condutores que trafegavam pela Rodovia SE-282, que liga os municípios de Boquim e Estância (SE), os militares iniciaram diligências no sentido de tentar abordá-los. Na rodovia, o veículo foi avistado pela equipe policial.

Foi iniciado um acompanhamento e, ao perceber a aproximação da viatura, os suspeitos aceleraram o veículo que somente foi interceptado na cidade de Estância. Durante o trajeto, foi possível perceber que alguns objetos foram arremessados pela janela, porém pela distância e velocidade não foi possível identificar do que se tratava.

Nas buscas pessoal e veicular, foi encontrada uma bolsa lacrada contendo mais de mil pinos de acondicionamento de droga, utilizados na venda dos ilícitos. Além desse material, foram localizados dinheiro, aparelho celular, relógio, além de outra bolsa contendo pedras brancas que, segundo um dos suspeitos, seria cocaína e crack.

Os policiais ainda retornaram ao local para tentar resgatar os objetos que foram arremessados, mas em virtude da densa vegetação não foi possível localizá-los. Um dos suspeitos já tinha sido preso por tráfico de drogas. O veículo, as drogas, os objetos eos flagranteados foram conduzidos à Delegacia Regional de Estância para que as medidas cabíveis fossem realizadas.

Fonte: SSP/SE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais notícias

Comentários recentes