Início Notícias Márcio Macêdo sobre declarações de Jackson: “Ele irá carregar essa cruz pelo...

Márcio Macêdo sobre declarações de Jackson: “Ele irá carregar essa cruz pelo resto da vida “

Nesta terça-feira,3, o Jornal da Xodó entrevistou , vice-presidente Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) e coordenador das caravanas do PT pelo Brasil, o sergipano Márcio Macêdo que comentou sobre o ataque sofrido durante visitas ao Sul do País. ” A caravana do ponto de vista da relação de Lula com o povo foi um sucesso. Fizemos diversos pronunciamentos sobre educação, reforma agrária, saúde. Bem verdade que tivemos incidentes de milícias armadas, o que nos deixou muito preocupado tendo em vista que tínhamos dois ex-presidentes presentes no ato. Isso foi um ataque orquestrado pela turma que apoia o Bolsonaro. Todos têm os direitos de protestar. Mas naquele caso houve uma tentativa de homicídio. Quem atirou tinha intenção de matar”, relatou.

Ao analisar a declaração do governador de São Paulo Geraldo Alckmin “Acho que ele [Alckmin] tentou buscar um pouco dos votos do Bolsonaro tendo em vista que apenas duas candidatura emplacaram, a do Lula e a do Bolsonaro. O Lula aparece com 49% das intenções de voto e ele com 15%. Tais declarações têm que se repudiadas. Essa intenção de tirar o Lula da disputa é um afronta à democracia.Deixem as pessoas escolherem seus candidatos”, pontuou.

Indagado como tem lidado com a movimentação em torno do julgamento do recurso apresentado pela defesa do ex-presidente contra a prisão após o julgamento em 2ª instância, Márcio destacou  que o objetivo da propositura é o restabelecimento da presunção de inocência. “Nós temos plena certeza da inocência do Lula, não tem nada que comprove a materialidade da denúncia”, comentou.

Questionado qual expectativa de representatividade que o PT espera obter para a Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), onde atualmente, Ana Lúcia e Francisco Gualberto figuram como grande quadros, Macêdo disse esperar aumentar o número de deputados na Casa.  “Eu acho que o PT irá aumentar sua representatividade. Eu acredito que seja possível fazer entre três e quatro deputados. Temos uma chapa muito competitiva”, analisou.

Perguntado se irá seguir com a aliança junto a Belivaldo Chagas que na sexta-feira,6, migrará para o PSD, Márcio Macêdo pontuou que a ida do atual vice-governador para a nova legenda facilita as tratativas. “O PT irá decidir isto nas convenções que serão iniciadas agora no mês de maio. Estamos debatendo esta possibilidade. Temos problemas muito sérios para serem resolvidos em Sergipe e assim precisamos apresentar propostas, soluções e um norte. Achamos que temos força política para tanto. Mas lembro que dentro da nossa sigla trabalhamos com o respeito à todas opiniões. A ida de Belivaldo ajuda muito tendo em vista que o PSD se manteve coerente no processo de impeachment da presidenta Dilma”, pontuou.

Na oportunidade, o petista também comentou ter ficado estarrecido quanto às  declarações  polêmicas  feitas pelo governador Jackson Barreto (MDB) que afirmou ter recebido o estado sem dinheiro em caixa e sem os recursos do Proinveste. “Os quadros políticos do PT se posicionaram sobre essas declarações. Fiquei estarrecido! Foi uma situação inusitada, tendo em vista que 2013 foi um ano virtuoso para Sergipe justamente em função do Proinveste. Lembro do zelo que Déda tinha com o erário público, e com a ética. Déda foi um estadista. Isso me ofendeu profundamente. Logo depois o governador teve humildade e reconheceu o erro. Espero que isso seja uma página virada, mas ele irá carregar essa cruz pelo resto da vida “, declarou.

Por Daniel Villas-Bôas

Da redação xodó News

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais notícias

Comentários recentes